Leitura: 2 min

Como fazer gestão financeira pessoal? Confira passo a passo

Saber como fazer a gestão financeira pessoal é fundamental para conseguir alcançar os seus objetivos. Muitas pessoas falham nessa etapa e acabam se perguntando o porquê de seus planos não darem certo.

Muito provavelmente, falta um pequeno detalhe negligenciado por muitos, ou seja, a gestão financeira. Pensando na importância deste assunto, trazemos, neste artigo, um passo a passo simples para que você possa aplicar esse conceito em sua vida. Acompanhe!

Realizar um bom controle de gastos

O primeiro passo é realizar um bom controle de gastos. Ninguém consegue chegar a lugar nenhum em sua vida financeira sem saber, exatamente, o volume de despesas a que estarão sujeitos ao longo dos anos.

Para isso, você deve, inicialmente, fazer um levantamento de todos os gastos mensais e anuais e colocá-los em planilhas ou sistemas específicos para esse tipo de controle. Assim, você não perde tempo organizando esses documentos e não se esquece do vencimento de nenhum deles.

Definir objetivos e metas

Também é essencial saber definir seus objetivos e metas. Para quem não sabe onde quer chegar, qualquer caminho pode ser seguido. No entanto, nem sempre ele o leva à realização dos seus sonhos.

Para tanto, é importante ter um objetivo inicial muito bem definido e quebrá-lo em pequenas partes, que são chamadas de metas. A cada meta batida, você estará mais perto do seu alvo previamente definido.

Por exemplo, seu objetivo pode ser investir no mercado financeiro. Porém, para isso, é necessário cumprir algumas metas, tais como: estudar sobre o assunto, procurar uma corretora etc.

Estabelecer prioridades

Outro passo fundamental é saber estabelecer prioridades. Existem pessoas que dedicam muito tempo e dinheiro em atividades que não proporcionarão retorno algum. Entretanto, isso não significa afirmar que você não deve ter momentos de distração e lazer, mas sim, que é necessário estabelecer um tempo para que isso ocorra.

Assim, depois de passado esse período e ter gasto recursos para determinadas atividades que estão fora do seu foco, retorne aos seus objetivos e trabalhe com afinco neles. Com isso, evitará o desperdício financeiro em questões irrelevantes.

Poupar dinheiro

Definir objetivos e estabelecer prioridades o levará a um outro passo importante na hora de fazer a gestão financeira pessoal, que é poupar dinheiro. Você precisa avaliar os pontos que estão drenando seus recursos e, se possível, eliminá-los por completo em sua vida ou, pelo mesmo, reduzi-los ao máximo.

Esse é um ponto imprescindível para que você adote o hábito de sempre poupar parte da sua renda, seja para atingir um objetivo de longo prazo ou mesmo para manter uma reserva de emergência. É importante que essa prática seja vista como um compromisso.

Fazer investimentos

Por fim, todo o dinheiro poupado deve ser investido. Porém, você não deve fazer como a maioria das pessoas que, simplesmente, colocam todos os seus recursos na poupança, acreditando que estão fazendo algum tipo de investimento.

Acredite, essa é a pior modalidade de aplicação financeira que existe. Atualmente, você pode optar por investimentos tão seguros quanto a poupança e obter rentabilidades muito maiores ou colocar uma parte menor em outros títulos que apresentam um pouco mais de risco.

Seguindo esses passos, você saberá como fazer a gestão financeira pessoal. Assim, poderá ter mais clareza quanto à administração de seus recursos, investimentos, prioridades e, principalmente, objetivos de curto, médio e longo prazo.

Se você gostou destas informações e quer continuar aprendendo, acompanhe as publicações do blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários
    Rolar para cima