Leitura: 4 min

Por que investir no mercado imobiliário? Entenda!

A busca por bons investimentos é uma constante e o mercado imobiliário pode ser uma alternativa interessante para montar ou diversificar a carteira de aplicações. Só que para encontrar as melhores opções, é necessário analisar riscos e selecionar oportunidades.

Assim, você aumenta as chances de sucesso para a realização de seus projetos, como conquistar patrimônio ou garantir um futuro tranquilo.

Quer saber por que o setor de imóveis pode ser o caminho ideal e como avaliar as oportunidades de aplicação disponíveis? Continue a leitura do post!

Como investir em imóveis?

Seja você um iniciante no mundo dos investimentos, seja alguém com perfil conservador, uma das preocupações mais comuns é com a segurança no retorno dos seus investimentos.

O mercado imobiliário consolidou-se, ao longo do tempo, como uma das opções mais tradicionais e bem-vistas para buscar preservação ou valorização do patrimônio. Afinal, todos precisam de um lugar para morar e para desenvolver atividades econômicas.

Além disso, é um tipo de bem cuja posse é facilmente reconhecida e comprovada, além de ter uma vida útil mais longa, oferecendo mais segurança para o detentor do imóvel, quando comparado a outros tipos de bens.

São muitas as maneiras de se investir: compra e venda, locação (mensal ou por temporada) ou especulação. Existem, ainda, os FII (Fundos de Investimento Imobiliário), um formato que vem conquistando cada vez mais investidores.

De funcionamento simples e sem burocracia, eles podem ser adquiridos por qualquer pessoa que tenha conta em uma corretora e possibilitam investimentos com pequenos valores, tornando esse mercado acessível para o público em geral. À título de comparação, é possível fazer investimentos com valores próximos a R$100, ao passo que um imóvel exigirá um aporte de alguns milhares de reais.

Quais as vantagens de investir no mercado imobiliário?

Para investir em empreendimentos comerciais, imóveis residenciais ou terrenos, o mercado imobiliário apresenta sólidos benefícios. Selecionamos os principais a seguir.

Segurança

Imóveis são itens básicos para o funcionamento da nossa sociedade. Portanto, o mercado imobiliário tende a se manter relativamente estável ao longo do tempo. Mesmo em períodos de crises econômicas, são bens cujo valor intrínseco não será prejudicado tão facilmente.

Isso faz com que eles sejam investimentos mais seguros se comparados à ações de uma empresa, por exemplo, ainda que não sejam imunes ao risco. Somado a isso, tendem a ter mais estabilidade com o passar dos anos e, com a devida manutenção, vão preservar seu valor por um bom tempo.

Boa rentabilidade

O valor da negociação de venda de imóveis, de aluguéis e de dividendos de FII é protegido da inflação, pois os preços costumam ser corrigidos anualmente. Há exceções pontuais para isso, como em momentos de baixa demanda, em que o detentor do imóvel pode abrir mão da correção de preços para manter o imóvel atrativo ao locatário.

Ao escolher empreendimentos em regiões de interesse (turístico, comercial, residencial), o mais provável é que a aplicação se valorize com o tempo, acompanhando o crescimento da região.

Por exemplo: quem compra um terreno numa cidade que se tornou o novo destino de viagem da moda, pode revender a área com lucro considerável ou construir uma casa para ter uma renda extra de locação por temporada.

Diversificação

Investir no mercado imobiliário apresenta uma ampla gama de possibilidades e negociações. Esse universo, por si, pode garantir uma diversificação ao investidor, seja em valor aplicado, seja em tempo de retorno do investimento e de rentabilidade.

Ele também pode ser uma opção interessante para quem já investe em outros ativos de maior risco. Se você, por exemplo, aplicou em uma ação que se desvalorizou, tem a possibilidade de manter parte do seu patrimônio resguardado em um imóvel, podendo recuperar recursos por meio da venda ou locação do bem.

É melhor ampliar o leque de investimentos e assim diminuir o risco de perder o valor investido caso uma aplicação não dê certo.

Como avaliar uma opção de investimento no setor imobiliário?

São três os itens necessários para avaliar uma oportunidade de investimento do ramo dos imóveis. Confira a seguir.

1. Taxas, impostos e corretagem

Verifique as taxas envolvidas em cada negociação, e o custo que isso irá representar sobre a operação. A operação direta com imóveis envolve taxas com cartório e tabelionato de notas, para fazer a escritura e registro do imóvel, e ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis ), os quais, em conjunto, costumam representar adicionar uma despesa no valor de 4% do valor imóvel, aproximadamente.

Nos FIIs, atualmente, diversas corretoras isentaram a cobrança de taxa de corretagem e de custódia, facilitando ainda mais a aplicação nesse tipo de ativo. Além disso, é possível obter isenção de IR sobre os dividendos. Mas apenas se você investe como pessoa física, se a negociação foi feita na bolsa e se for proprietário de até 10% das cotas disponíveis.

2. Tipos de investimento

O mercado oferece diversos tipos de oportunidades, inclusive dentro do mundo dos FIIs. Com base no seu orçamento, riscos que deseja correr e prazo para retorno, escolha aquela(s) que melhor se encaixam no seu perfil.

Além disso, estudar todas as informações sobre as operações é bem mais fácil no caso dos Fundos Imobiliários, uma vez que a maioria deles conta com relatórios especializados emitidos pelos gestores do fundo.

Caso tenha dúvidas, entre em contato com a sua corretora antes de efetuar a aplicação. A informação é um aliado essencial para o sucesso nos investimentos.

3. Perspectivas para o futuro

Por fim, analise as tendências para o mercado em relação ao seu cronograma de investimento. Pesquise as perspectivas em curto, médio e longo prazo em relação a cada oportunidade.

Agora que você já sabe como e por que investir no mercado imobiliário, não deixe de pesquisar para encontrar as opções mais interessantes para fazer suas aplicações.

Aproveite para investir via FIIs e participe de diversos grandes empreendimentos imobiliários no país. Lembre-se de que o melhor investimento é aquele que foi estudado com cuidado antes de se adquirido.

Quer ter acesso a dicas e materiais exclusivos, que certamente vão ajudar você a trilhar o caminho do investidor de sucesso? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários
    Rolar para cima